UOL CriançasNovidades - UOL Crianças

Visual do site
  • Picolé
  • Camuflado
  • Neon
  • Jardim
  • Guloseimas
  • Balões

06/04/2011 - 20h50

Espécie em extinção, ararinha-azul é a estrela da animação "Rio"

GABRIELA ALBUQUERQUE
Da Redação

A animação "Rio", que estreia nos cinemas do Brasil neste sexta-feira (8), tem como personagem principal uma ararinha-azul chamada Blu que é inteligente, bonita e, no fim das contas, mais parece gente do que pássaro. Ela sabe fazer coisas surpreendentes como preparar o café da manhã e imitar um despertador para acordar a dona, mas não sabe fazer o mais natural e simples para um ave como ela: bater as asas e sair por aí, voando pra todo lado.

O problema é que Blu não é assim por vontade própria: quando era um pequeno filhote, contrabandistas o raptaram em seu habitat natural, no Brasil, separado da família, e levado para ser vendido nos Estados Unidos.

Por acidente, a caixa em que ele estava caiu do caminhão que o transportava e, no meio de tanta coisa ruim, deu a sorte de ser encontrado por Linda, uma garotinha que prometeu cuidar dele a vida inteira e se tornou sua melhor amiga.

O que a criançada vai ver no cinema é uma história legal e divertida, com muitos momentos engraçados e com imagens tão lindas que enchem os olhos da plateia toda de cores e de esperança (principalmente se o filme for visto em 3D) . O chato é pensar que na vida real esse sequestro de aves acontece de verdade e é uma das razões pelas quais muitas delas estão em extinção, como é o caso da ararinha-azul.

EXTINÇÃO
Você sabe o que significa um animal estar em extinção? Existem muitas regras e critérios para colocar um animal nessa categoria, mas de maneira simples, uma espécie entra nessa lista nada interessante quando não pode mais ser encontrada na natureza ou em cativeiro. No caso da ararinha-azul, infelizmente ela não será encontrada voando solta por aí.

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, hoje em dia existem apenas 60 exemplares desse lindo pássaro em todo o mundo, vivendo em cativeiro. É uma pena, mas é verdade. Desse total, só 12 pertencem ao Brasil. Pode parecer ruim manter as araras vivendo presas, mas essa é uma alternativa para tentar que eles gerem filhotinhos e, quem sabe, um dia possam ser devolvidas à natureza. Se isso vai acontecer ou não, só o tempo dirá.

Enquanto isso, dá pra se divertir na poltrona do cinema com a história de amizade entre Blu e Linda e até uns toques de romance quando a bela ave Jade e o atrapalhado pesquisador Túlio entram na história. Não se esqueça da pipoca!

CURIOSIDADES SOBRE ARARINHA-AZUL*

NOME CIENTÍFICO Cyanopsitta spixii
ANO EM QUE FOI DESCOBERTA Espécie rara descoberta em 1818
TAMANHO Os representantes medem aproximadamente 57 centímetros
PRINCIPAL CAUSA DE EXTINÇÃO Nos últimos 50 anos, o fator mais relevante para a extinção da espécie na natureza foi a captura para o comércio ilegal, especialmente a partir das décadas de 1970 e 1980 (que coisa mais feia!)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host